<$BlogRSDUrl$>

29/04/2004

Aulas de Inglês

Alunos do curso de economia interessados em formar pequeno grupo para aulas de inglês, favor entrar em contato com Rodrigo e Luciana (8º sem) ou Isabel (6º sem). O objetivo é começar no início do mês de maio. Bye!!

28/04/2004

Curso de Atualização

Vejo que está na hora de pensarmos em temas interessantes para o II Curso de Atualização em Economia, se tiverem opiniões, serão bem recebidas.
Quem sabe este ano pudemos fazer o cueso mais concentrado!!
Assim caminha a humanidade...

É coisa de velho, mas vale lembrar como as coisas melhoraram para quem quer fazer pesquisa econômica nos últimos 10-15 anos. Ainda no começo dos anos 90, sofria-se um monte para ficar atualizado. Eu sou do tempo que quando algum colega de mestrado ia para o SP ou RJ, nós pediamos para que fosse a uma das bibliotecas especializadas em Economia para pegar os textos que precisávamos. Não havia dados em CD-Rom, nem na Internet. Tínhamos que digitar tudo à mão. Os softwares eram em DOS e nada amigáveis. Nem sabíamos os livros importados que estavam disponíveis, muito menos era fácil importá-los.
Hoje, a nova geração tem disponível:

1- Fontes de dados on-line (O IPEADATA, o IBGE...) e em CD-ROM (Atlas do Desenvolvimento Humano, World Bank ....).
2- O periódicos Capes.
3- A Amazon
4- O Scirus

Além disso, a maior parte dos pesquisadores de primeira linha no mundo afora disponibiliza a sua produção científica em formato pdf. Assim, hoje, mesmo não estando em um grande centro, se pode fazer pequisa de primeira linha. A tecnologia de comunicação fez com que tudo ficasse mais perto. Porém, para aproveitar isso, o pesquisador precisa de três habilidades: saber lidar com Informática (se você está lendo isso é provável que saiba); e saber se virar em Inglês (Não precisa ser fluente, apenas saber entender os textos da área... e isso não é tão difícil de se conseguir). E, pessoal, estas duas habilidades são importantes quer vocês sejam pesquisadores, quer vocês trabalhem em qualquer outra atividade. Portanto, mãos à obra!

26/04/2004

Fórum da Liberdade

Para quem não foi ao Fórum da Liberdade pode ler um resumo das palestras aqui.

Está bem resumido, mas conseguiram pegar muito bem o contexto.

25/04/2004

Os vira-latas e a Economia

As pessoas se enganam quando dizem que economistas gostam de medir tudo em termos de dinheiro. Na verdade, nós gostamos de medir tudo em termos de qualquer coisa, inclusive dinheiro. Lembrei disso, quando li hoje o artigo:

Finco, MV e Abdallah, P. R. Valoração Econômica de Recursos Naturais: o método de valoração contingente aplicado ao litoral do Rio Grande do Sul. Estudo do CEPE, n. 15, p. 145-157, Jan. Dez, 2002.

Neste trabalho, os dois pesquisadores (a segunda é professora da FURG) estimam o valor da praia do Cassino. Eles chegam a um total de R$700 mil/ mês. Ou seja, a população estaria disposta a gastar este valor para ter a praia conservada. O trabalho é bem interessante e vale a pena a leitura.

Pensei que poderia ser feito um trabalho sobre um dos principais problemas de ecologia urbana que eu percebo em Pelotas: os vira-latas. A pesquisa buscaria descobrir quanto a população de Pelotas perde de bem-estar por ter tantos cachorros de rua. Acho que daria um ótimo trabalho de conclusão. Quem quiser, pode falar comigo.

21/04/2004

Matrículas

Sempre é bom relembrar que amanhã e sexta-feira ocorre o período de matrículas. Não se esqueçam para não perderem a vaga.

17/04/2004

Formatura

Aos Alunos do 8º semestre, esta semana a colega Luciana foi reservar o auditório da agronomia e ficou sabendo que o departamento responsável não está autorizando a realização de eventos naquele local, visto que a universidade não tem repassado verbas para a manutenção do auditório.
a saída então seria a auditório do CEFET, ou pedir para o Fábio pressionar a reitoria para liberar o auditório.

16/04/2004

Trabalhos da ANPEC

A Associação Nacional de Pós-graduação em Economia colocou na Internet os trabalhos apresentados nos encontros de 2001 e 2003. Vocês encontrarão ali o melhor da produção nacional recente. Vale a pena dar uma olhada também para se ver o quão diversos são os temas e as abordagens na Economia.

14/04/2004

Encontro de Estudantes


Eu recebi o e-mai abaixo. Não corrigi os erros ortogramaticais:

EXECUTIVA DOS ESTUDANTES DE ECONOMIA DA REGIOÃO SUL (EXESUL)

CENTRO ACADÊMICO DE ECONOMIA “CELSO FURTADO” (CAE/UNESC)

CONVOCATÓRIA
CORECO (Conselho Regional dos Estudantes de Economia)

O movimento estudantil de Economia da região sul, na tentativa de uma reestruturação e na perspectiva de uma construção coletiva de um movimento mais crítico e combativo, convida todos os estudantes e convoca todas as entidades de base da citada região a participarem de I Conselho Regional dos Estudantes de Economia/2004. Realizar-se-á na Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC), em Criciúma (SC), aos dias 16, 17 e 18 de abril de 2004, sob organização do Centro Acadêmico de Economia “Celso Furtado” (UNESC).

É essencial a participação de cada entidade de base para que possamos efetivar o debate. A pauta do conselho pode ser resumida no seguinte:
1- Informes gerais;
2- XIII ERECO: projeto, organização e sede;
3- EXESUL: estatuto, agitação estudantil e cronograma anual;
4- Eleição: eleição da nova gestão da EXESUL;
5- Conjuntura: a realidade econômico-social brasileira;
6-Reforma Universitária;
7-Apoio a resolução 11/84;
8-Data e tema para o próximo ERECO;
9-Encaminhamento para a criação da Federação.
Não será cobrada nenhuma taxa de inscrição pelo evento. O alojamento já está disponível com toda a estrutura necessária para a respectiva data. É necessário trazer colchão e roupa de cama. As refeições serão feitas em restaurantes nos arredores do campus universitário, estando sujeitas a sugestões, ficando os custos por conta de cada participante.
Pede-se uma confirmação junto ao CAE/UNESC até o dia 15/04/2004.
OBS.: Devido a Universidade não seder espaço para a realização do evento; estaremos ainda esta semana informando o local do evento.
Mais informação pelo telefone: 48 9988-0221 (Juliano) ou 48 9995-6939 (Fábio)
Mensagens: exesul@grupos.com.br
Assinar: assinar-exesul@grupos.com.br
Cancelar assinatura: cancelar-exesul@grupos.com.br
Endereço desta página: http://www.grupos.com.br/grupos/exesul



Salário Mínimo

Os Estados possuem a capacidade de definir o seu salário mínimo regional. Bom, qual o problema disso? Nos períodos em que Estados lutam para atrair investimentos, penso que pode servir de barreira para empresários investirem.

Sei que as empresas não pagam salários mínimos para todos os seus empregados, mas isto elevaria seus custos em setores que necessitam de mão-de-obra menos qualificada e que por conseqüência pagam salários menores.

13/04/2004

Sugestões de livros

Saíram dois ótimos livros de Desenvolvimento Econômico:
- O Espetáculo do Crescimento de William Easterly. O autor era economista do Banco Mundial e revê as experiências, políticas e teorias de crescimento econômico. O livro é bastante divertido e tem bons causos. Conforme for, ele fará parte da bibliografia da minha disciplina de Desenvolvimento segundo semestre. Leia uma entrevista com o autor aqui (agradeço ao Gilson do Economia Everywhere pelo link.)

- Salvando o Capitalismo dos Capitalistas de Rajan e Zingales. Ambos são da Universidade de Chicago e, no ano passado, o primeiro autor foi nomeado economista chefe do FMI. Ainda não comprei, mas todos que leram estão impressionados.
Classe Média

Pelotas sempre foi e pelo visto ainda continuará sendo (aqui sem entrar no mérito de não existir políticas de incentivo para a mudança deste setor), uma cidade com forte influência do setor estatal.
Com o controle da inflação que se tem aplicado desde a implantação do Plano Real, através de uma política fiscal rígida, este setor vem sendo descapitalizado constantemente.
Isto tem atingido diretamente a classe média, assim definida pelos sociólogos. Anteriormente ao Plano Real com reajustes salariais sempre acima da inflação, Pelotas possuia uma classe média com um grande poder aquisitivo, com salarios muito superiores ao setor privado. O que já não se confirma nos dias atuais, onde se observa uma equivalência salarial entre o setor privado e o setor público.
Diante do exposto, pode-se dizer que existe também uma influência grande em outro setor forte da cidade, que é o setor comercial. Menos dinheiro, menos trocas, menos trabalho.

11/04/2004

Feliz Páscoa

Gostaria de desejar a todos os alunos e professores do curso de economia uma Feliz Páscoa.

09/04/2004

Eventos de Economia

Esse ano, teremos diversos eventos de Economia no Rio Grande do Sul. Olhem a lista:

- No dia 20 e 21 de Maio, acontecerá o II Encontro de Economia Gaúcha. Maiores informações na página da FEE.

- Dia 28 de Maio, acontecerá o 27 o. Encontro de Cursos de Economia do RS. Ocorrerá na UCPel e a principal palestra será a do Prof. Yoshiaki Nakano (FGV-SP) e um dos bambas na área de Economia Brasileira.

- Por fim, em Dezembro, teremos o Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação de Economia (a ANPEC) em Gramado. Esse é o principal evento acadêmico do Brasil e sempre tem apresentações e debates bem interessantes. Aganhadores do Prêmio Nobel de Economia já compareceram. (Eu me lembro do Robert Lucas em 199? no encontro da Anpec de Florianópolis).

08/04/2004

Matrícula

Só para lembrar: a matrícula dos alunos é nos dias 22 e 23 de Abril!!!! Logo após o feriado. Quem perder a data, perde a vaga, ok? Pelamordedeus, compareçam!
Inauguração

Está oficialmente inaugurado o blog do Curso de Economia da UFPel. Ele veio substituir a lista de avisos que até então era mantida.
Por enquanto só quem está postando sou eu e o Davi (8o. semestre), mas a idéia é ampliar o número de usuários habilitados até que tenhamos todos os professores e três alunos de cada turma.

Não dá para incluir todos, porque teríamos o risco de ter excesso cair num caótico excesso de posts. Os cometários estão abertos a todos.

Bem, o que é pode entrar aqui:

- Fatos relacionados com o Curso de Economia;
- Assuntos ligados à Teoria Economia;
- Notícias econômicas (Mundo, Brasil, RS e Pelotas).
- Assuntos da UFPel.

Além de oferecer informação, seria ótimo se este blog se tranformasse em um local de debate. Contudo, é uma boa que os dois assuntos que mais rendem pancadarias fiquem longe daqui: política partidária, paixões futebolísticas e assemelhadas. Mensagem positivas, pensamentos do dia, avisos de virus e todas essas coisas que povoam a Internet estão banidos para sempre. Combinado? Então, mãos à obra!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?