<$BlogRSDUrl$>

31/05/2004

Em busca do topo

Quem procura pelas palavras-chave "economia" e "Pelotas" no Google, encontra a página do nosso curso como primeira opção. (A segunda opção é a falecida pagina do Departamento de Geografia e Economia que eu um dia fiz, em 1997 ou coisa parecida, quando eu era chefe de depto). Este blog, contudo, não aparece.
Para subirmos no rank do google, os alunos que têm páginas bem que podiam incluir um link para o nosso blog.
Aviso

O Prof. Fábio Caetano avisa que hoje, segunda-feira (31/05), não dará aula por motivo de saúde. Por favor, avisem os colegas.
O que fazer?

Mexer nos juros ou no compulsório? Para quem gosta de macro, aí vai um discussão boa. Nota: o Aloisio Araújo é um dos mais produtivos economistas acadêmicos brazucas.

28/05/2004

ALERTA

Acabei de voltar do auditório da informática da UCPel. Já está lotado e a palestra do Nakano também será lá. A recomendação então é chegar muito cedo, porque problemas certamente ocorrerão.
Palestra Hoje!

Aí vai a programação do XXVII Encontro de Cursos de Economia, promovido pelo CORECON -RS. As incrições são gratuitas e podem ser realizadas a qualquer momento no transcorrer do evento. O local é o auditório da Informática na UCPEL. Os professores de nosso curso foram orientados para liberar os alunos das aulas. Afinal, não é todo dia que temos um palestrando da altura do Nakano por essas plagas. Todo mundo lá!!!:

TARDE

14:00 Credenciamento

14:30 Abertura:
Econ. Paulo Roberto Lucho
Presidente do CORECON/RS Ações do CORECON/RS a partir do E contro de 2003

15:30 Mesa de discussão:
O curso de Economia frente a reforma
universitária

Participantes:
Coordenadores de Economia de todo o estado.

18:00 Cofee-break

NOITE

19:00 Palestra :
O ensino de economia e mercado de trabalho para os economistas

Prof. Yoshiaki Nakano
Diretor da Escola de Economia da FGV-Eaesp/SP

27/05/2004

Almoço de graça

No site do project syndicate vocês podem encontrar textos (em inglês, espanhol, árade e mais um monte de línguas. Não tem em Português) de alguns dos melhores economistas do mundo. Jeffrey Sachs (não confundir com o outro, o ecologista), Stiglitz, Alesina entre outros estão lá escrevendo sobre, basicamente, sobre Economia Internacional. São textos bastante acessíveis feitos para os jornais do mundo. Tudo isso de graça. Divirtam-se.

26/05/2004

Especialidade para o Desenvolvimento

Muitos autores afirmam que um determinado local necessita encontrar a sua especialidade para conseguir atingir um crescimento e conseqüentemente um desenvolvimento.

Parece-me que a região sul, ou melhor, mais precisamente a região de Rio Grande e agora talvez São José do Norte o encontraram.

Depois da assinatura para a instalação de um dos maiores estaleiros do mundo, a Aker-Promar, e de outro que está marcado para ocorrer no dia 07 de junho de 2004, a Transnave, uma terceira empresa está pensando em instalar-se na região. Esta empresa estava para se instalar no Espírito Santo, mas, parece que seu interesse está tendenciando para a cidade de São José do Norte.

Com a vinda destas empresas a Petrobrás também está analisando a possibilidade de fazer prospecções na região para a tentativa de encontrar petróleo. Caso seja encontrado petróleo, as cidades da região poderão também se beneficiar. Como? Com os Royaltys pagos pela extração do petróleo.

18/05/2004

Encontro de Economia Gaúcha

Hoje foi aprovado o subsídio do ônibus por parte do ICH para o Encontro de Economia Gaúcha, que será realizado em Porto Alegre, na PUC, nos dias 20 e 21 de maio de 2004.

Precisamos verificar quantas pessoas estão dispostas a ir ao encontro, a saber, o ônibus sairá na quinta pela manhã com retorno na sexta à tarde. Para tanto, gostaria que confirmassem sua disposição pelo e-mail davizell@brturbo.com ou nos coments deste post.

Amanhã à noite passaremos nas salas de aulas para conceder maiores informações.
Vai um omelete aí?

Pergunta para os alunos de microeconomia: é racional pagar 3000 reais por um omelete? Alguém já pagou.
Uma boa notícia

Deu hoje no Diário Popular. Alguém tem mais informações sobre isso?

16/05/2004

Quanto valia?

Quando eu era criança, havia um seriado de tv sobre um cyborg. Steve Austin era um piloto, que se espatifou e teve partes do corpo recompostas por parte eletrônicas e super-poderosas. Como de hábito, ele passou a combater o Mal e salvar o mundo.
Ele teria custado tão caro que seu preço era o nome do seriado: O Homem de Seis Milhões de Dólares.

A pergunta é: levando em conta que o seriado começou em 1974, a preços de hoje, quanto ele custaria? 22,3 milhões de dólares. A resposta para essa pergunta e muitas outras estão nesta página da Economic History Services. Isso é bom para lembrar que também existe inflação em dólar e devemos levar isso em conta em comparações de médio e longo prazo.

O site da eh.net é diversão garantida. Vocês encontram lá o preço do ouro desde 1257 (!) e o PIB da Inglaterra desde o ano 1086(!!!), entre muitas outras coisas divertidas.

E para fazer o mesmo tipo de cálculo para o Brasil? Outro dia eu respondo...
Artigos disponíveis

Ainda não temos a informaão se haverá, ou não, ônibus para o 2 Encontro de Economia Gaúcha na semana que vem. Qualquer novidade, eu os informo aqui. De qualquer forma, pode-se fazer o download dos artigos a serem apresentados no evento aqui.
Artigos disponíveis

Ainda não temos a informaão se haverá, ou não, ônibus para o 2 Encontro de Economia Gaúcha na semana que vem. Qualquer novidade, eu os informo aqui. De qualquer forma, pode-se fazer o download dos artigos a serem apresentados no evento aqui.

12/05/2004

Brasil e China

Uma boa reportagem sobre as relações econômicas entre os dois países.
Manual para Monografias

O pessoal da biblioteca da UFPel quebrou um grande galho para os alunos: prepararam um manual de normas técnicas para monografias. Mesmo os alunos que não estão fazendo a monografia devem utilizá-lo para os demais trabalhos ao longo do curso. O download do arquivo (em formato pdf) pode ser feito aqui.

11/05/2004

Apesar da paralisação...

... haverá aula hoje.
Porque odeio o DAC...

Mandaram suspender a promoção de passagens por R%50,00 da querida Gol. Leia mais aqui.
Se você acha a Gol uma aberração no mundo, sugiro que veja os sites dessas outras empresas: RyanAir, Easyjet. A primeira, no ano passado, fez uma promoção em que eles pagavam para que você voasse. Claro que eram só alguns lugares, em horários bizarros, mas achei sensacional.

08/05/2004

Visita do MEC

Após longa espera, pessoal, está definida a data em que receberemos a visita dos avaliadores do MEC. Eles estarão entre nós de 7 a 9 de Junho.

05/05/2004

O que ler?

O prof. Brad DeLong elaborou uma lista de leitura para quem estiver interessado em Economia e Filosofia. Boa parte dos livros podem ser encontrados em Português (eu marquei com * os que eu tenho certeza, e com ? os que eu desconfio, que estão na língua de Camões). Quem quiser, pode se aventurar na empreitada:

Jacques Le Goff, Your Money or Your Life: Economy and Religion in the Middle Ages.
*Thomas Hobbes, Leviathan, selections.
*John Locke, Second Treatise of Government.
Adam Smith, The Theory of Moral Sentiments.
*Adam Smith, An Inquiry into the Nature and Causes of the Wealth of Nations.
*Jeremy Bentham, Principles of Morals and Legislation.
*John Stuart Mill, On Liberty.
Hal Varian, Intermediate Microeconomics (chs. 29-35).
?Friedrich Hayek, The Constitution of Liberty.
?Robert Nozick, Anarchy, State, and Utopia.
James Buchanan and Gordon Tullock, The Calculus of Consent.
*John Rawls, "Justice as Fairness." (Existe o "Uma teoria da Justiça"; não sei se é o mesmo livro)
Kenneth Arrow, Social Choice and Individual Values.
*Amartya Sen, Development as Freedom.
David Gauthier, “The Social Contract as Ideology”, Philosophy and Public Affairs.
Jon Elster, “The Market and the Forum: Three Varieties of Political Theory”, in Elster and Hylland, eds., Foundations of Social Choice Theory.
Bernard Williams, “The Idea of Equality”, Philosophy , Politics and Society 2nd Series.
Amartya Sen, Equality of What?.
Steven Shavell, Economic Analysis of Welfare Economics, Morality and the Law.
Tibor Scitovsky, The Joyless Economy.
William Baumol, Welfare Economics and the Theory of the State.

Boas notícias

O Davi e o Rodrigo, alunos do sétimo oitavo semestre, tiveram trabalhos aceitos (em coautoria com este que cá digita) no III Encontro da Associação Brasileira de Estudos Regionais. Valeu o trabalho!

Outra boa quase-notícia: tivemos um professor doutor inscrito no concurso de adjunto. Temos que esperar a homologação, fazer o concurso e mais um monte de coisas até que realmente possamos comemorar um novo professor efetivo no Curso de Economia. Mas, de qualquer forma, a informação já sugere boas perspectivas para o ano de 2004...

04/05/2004

Os Novos Membros da UE

A partir do dia 1 de maio de 2004 ingressaram na União Européia mais dez membros, são eles: Eslovênia, Hungria, Eslováquia, República Checa, Polônia, Lituânia, Letônia, Estônia, Chipre e Malta.

Estes membros são em comparação aos membros anteriores muito mais pobres, no entanto, estão à frente do Brasil em desenvolvimento social e econômico. Alguns exemplos:

- Com menos da metade da população brasileira, os dez países, juntos, têm um PIB 14% maior que o Brasil;

- Na Polônia, o maior dos dez países, a proporção de jovens na universidade é o dobro da que se verifica aqui;

- A menor renda per capita entre os dez países é a da Letônia, de 3500 dólares, contra 2800 dólares da do Brasil;

- Desde 1996, o crescimento médio anual do PIB dos dez países foi o dobro do brasileiro;

- A Letônia, o mais pobre entre os dez países, está 15 psições à frente do Brasil no ranking do desenvolvimento humano da ONU;

- Os investimentos externos diretos representam 7% do PIB dos dez novos países da UE, contra 4% do Brasil.

Fonte: Revista Veja 5 de maio de 2004.

03/05/2004

"Não existe almoço gratuito"

Eu sempre achei que a autoria da frase acima era do ganhador do Nobel Milton Friedman. A idéia é que tudo tem custo. Pode até não ser você, mas alguém está pagando esse custo. Essa frase é muito boa porque serve como antídoto contra populistas que prometem milagres, ou picaretas em geral. Quem te prometer um jeito fácil de ficar rico, ou um bem sem qualquer ônus está, certamente, querendo te enganar.

Hoje aprendi que a frase, nos EUA, remonta o século XIX e que, em 1952, a frase era atribuída ao grande economista keynesiano Alvin Hansen. Aprendi isso no meu blog predileto: o Marginal Revolution.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?