<$BlogRSDUrl$>

30/06/2005

Não adianta dizer que não sabia

Meu amigo Cláudio Shikida preparou esta apostila sobre o plágio nos trabalhos de conclusão. Recomendo a leitura para quem tiver dúvidas sobre o que constitiui plágio.

29/06/2005

Hayek

Apenas para os alunos de HPE II. Como eu não consegui encontrar o texto do Hayek "O Uso do Conhecimento na Sociedade" (American Economic Review, v.35, n.4, sept. 1945) em Português, aí vai o link para a versão em Inglês e em Espanhol.
O texto não cai no teste relâmpago de sexta, mas faz parte da matéria da prova da semana seguinte.
Seminário com tema -infelizmente - bem atual.... .

O professor André Carraro (doutor pela UFRGS e professor da UNISC) apresentará no ICH Dia 8 de Julho, sexta-feira, as 20:20, um seminário sobre Economia da Corrupção. Ok, é o último dia de aula, mas não havia outra data. Todo mundo lá, garanto que será bem interessante.

28/06/2005

Para as férias

Esse é um dos sites mais bacanas que eu já vi. As sensacionais animações com dados de desenvolvimento econômico são muito mais leais que qualquer programa de tv:

G A P M I N D E R

26/06/2005

Agora vai!

Um consolo. O Brasil poderia ser bem pior!

25/06/2005

XXXIII Encontro Nacional de Economia - ANPEC
Judas e a economia

Meu amigo Cláudio Shikida descobriu uma pagina que atualiza o valor que Judas recebeu para trair Jesus. Fazendo as contas, dá US$12.254.
A dica do Shikida foi tão boa que ele foi citado pelo Marginal Revolution.
(Curiosidade: notaram que uS$12254=R$29410. Ou seja, quase um mensalão!)

23/06/2005

Summerhill

Só para lembrar: o seminário do William Summerhill (UCLA) é hoje. Maiores dados aí embaixo.

Ontem eu assisti a apresentação dele na UFRGS e garanto que é muito boa mesmo.

22/06/2005

Cerveja e Estatística

O matemático e químico William Gosset foi contratado pela cervejaria inglesa Guiness em 1899. Sua função inicial era analisar os processos de fermentação. Ele foi muito além disso e chegou a ocupar posição de destaque na administração.
No tempo livre, em casa, ele estudava Estatística. Publicou diversos papers sobre o assunto. Contudo, seu empregador não autorizava que os funcionários publicassem trabalhos acadêmicos, por medo de que os segredos da fábrica fossem divulgados. Ele usava um pseudônimo, assinando os trabalhos como :"A Student". Isso mesmo, ele é o pai do teste t de student.
O segredo era bem guardado: quando Hotelling quis encontrar com ele, foi feita uma operação complicadíssima para manter a identidade secreta. Reza a lenda que a cervejaria só soube que seu funcionário era o famoso "student", após a morte de Gosset.
Um brinde à cerveja Guiness e ao Gosset/student!
Aprendi isso aqui.

21/06/2005

Debate

Existe justificativas econômicas para o vale-transporte? Quem ganha, quem perde? Aguardo comentários....


19/06/2005

Bom causo

Inverter uma matriz 4 por 4, na mão, todo estudante sabe é um problemão. Agora imaginem o sufoco, em meados do sec. XX, do Leontief e do pessoal do Bureau of Labor Statistics em inverter uma 12 por 12. Demoraram uma semana. Insatisfeitos com o resultado, perceberam que tinham que aumentar o número de setores e teriam matriz para 24 X24. Estimaram que demorariam centenas de anos para calcular a matriz inversa.
A solução estava na Universidade de Harvard. Eles tinham um dos primeiros cérebros eletrônicos, o Mark I, desenvolvido durante a II Guerra. Eles poderiam inverter a matriz sem maiores problemas (imagino que demorariam semanas...) O problema era que os regulamentos do Bureau of Labor Statistics impediam que recursos fossem gastos em serviços; só poderiam gastar com bens.
A solução foi emitir uma nota fiscal de compra de um material permanente. A nota saiu com a seguinte descrição: "One matrix, inverted".

Acabei de ler a estória no bom livro "The Lady Tasting Tea: how statistics revolutionized science in the 20th century".
Palestra de Brasilianista na UFPel

Dia 23 de Junho, quinta-feira, às 19h30min, no auditório da FAUrb (R. Benjamin Constant, 1.359), haverá a apresentação do Dr. William Summerhill, professor da UCLA (Universidade da Califórnia) e um dos maiores brasilianistas da nova geração. Ele é autor de diversos livros e artigos sobre a história econômica brasileira. O título do seminário será Revolução (In)gloriosa: credibilidade, dívida pública e subdesenvolvimento financeiro durante o Império. O seminário terá entrada gratuita e será apresentado em Português. O evento é promovido pelo Curso de Economia e Núcleo de Documentação Histórica do Instituto de Ciências de Humanas da UFPel.
Piada velha

...mas com várias atualizações;

17/06/2005

O Brasil no Marginal Revolution

Muito boa!

15/06/2005

Davi Ricardo neles!!!!

Lametável. Graças ao Marginal Revolution, descubro que a Rainha da Inglatera ganhou US$ 1,3 milhão de subsídio agrícola em 2003-04. Ela (e também o Príncipe Charles) são agricultores e podem usufruir desta benesse.

Notícia como essa me deixam pessimista. Se nem a Inglaterra consegue se livrar destas aberrações, o que será do brasilzão..

14/06/2005

Concorrência

Sítio bacana. Nosso alunos economistas/advogados vão gostar.

13/06/2005

Eu tinha 11 anos

Quando Hayek visitou Santa Maria.

12/06/2005

McPoder Paridade de Compra

Saiu a atualização do Índice Big Mac da Economist. O sanduíche mais caro do mundo é encontrado no Kuwait (US$7,40) e o mais barato ,no Quatar (US$0,71). De acordo com o índice, o real estaria sobrevalorizado, uma vez que o Big Mac aqui custa, em US$, 22% menos que nos EUA. Para que o sanduíche custasse o mesmo lá e aqui, a taxa de câmbio deveria ser de R$1,93 por US$.
Concurso na UFPel

Gostaria de divulgar que as inscrições estão abertas para professor adjunto na UFPel. São duas vagas na área de Teoria Econômica, as inscrições se encerram no dia 11 de Julho e, no momento da posse, o aprovado deve possuir o título de doutor.
Mais informações podem ser obtidas no endereço:
http://ich.ufpel.tche.br/economia/concurso/index.php

Por favor, divulguem!

10/06/2005

Briga feia

Saiu a relação candidato vaga do vestibular da Economia da UFPel: 12,8/1.

Ou seja, a procura pelo curso aumentou uns 30% em relação à 2004.

09/06/2005

Economia Internacional

Média 4.2

Nome I Prova
Ademir 6.0
Antônio 5.5
César 7.5
Daniela 1.0
Eduardo 3.0
Eveline 5.5
Felipe C 5.5
Felipe N 7.3
Flávia 1.0
Flávio 4.0
Janaína 3.5
Jordânia 2.0
Leandro 5.5
Leandro 4.0
Luciano 1.5
Martin DB 10.0
Martin CS3.0
Matheus 2.5
Média 4.4
Meri Elen 2.5
Michel 3.5
Mirelle 1.5
Sérgio 6.5
Vagner 2.5
Vivian 5.5

08/06/2005

Bolívia

Hoje ouvi no rádio um sujeito -professor universitário, eu acho - dizendo que havia o risco da Bolívia gerar um efeito dominó. Pela lógica tortuosa dele, seguindo o exemplo boliviano, o povo brasileiro se indignaria pelo baixo preço das riquezas naturais exportadas e tomaria para si a Vale do Rio Doce ou Petrobrás.
Tem um modelo de crescimento (acho que do Brad DeLong) que supõe que baixos níveis de renda geram idéias ruins, isto é, idéias contra o crescimento. Com isso, os países ficam presos em armadilhas de pobreza. Talvez seja isso o que ocorre na Bolívia. Os movimentos de oposição ao governo boliviano argumentam que, pelo preço que vendem o gás para o Brasil, é melhor deixar debaixo da terra para as próximas gerações. Nada como ser um país rico....
Bem, eu tenho a esperança que o Brasil já tenha passado do ponto no qual idéias infelizes são aceitas. Além disso, a compra de ações da Petrobrás com a grana do FGTS fez com que o risco de mancadas caísse.
Vai um pitaco final que não adianta absolutamente nada para o destino da Bolívia. Um programa tal como o que foi proposto pelo Vernon Smith, e não aceito, para o Iraque: distribuir ações das empresas de gás/petróleo para a população. Isto muda os incentivos e faz com que ninguém passe a achar certo jogar pedra ou sabotar gasodutos ou refinarias.

07/06/2005

Economia da Fumaça

"Legalize já!" Quem está dizendo não é o Marcelo D2. É o Milton Friedman e mais 500 economistas que apóiam um relatório que fez a análise custo-benefício da liberalização da maconha.
Primatas Economicus

Em Harvard, ensinaram macacos a usar dinheiro. Um dos resultados já era conhecido: eles respondem à mudanças de preços relativos tal como prevê o livro de micro. Também reconhecem e punem os indivíduos.. quero dizer... macaquinhos não cooperativos. O mais impressionante é saber que eles entenderam tão bem o conceito que um tentou falsificar o dinheiro, outro roubou, e houve até prostituição!

A matéria está
aqui.

06/06/2005

Parabéns para o blog (com atraso)

Faz mais de um ano que o blog Economia UFPel está no ar. Parece muito mais. Em Junho de 2005, o MEC veio avaliar o curso para o reconhecimento, o Nelson nem tinha feito concurso e meus queridos orientandos da primeira turma ainda estavam fazendo a monografia. Foi um mês de muita tensão para todos. Que bom que tudo deu certo.
Quem quiser ler a história recente nada oficial do curso, é só clicar ali ao lado.

Latino

Milhões de pessoas fizeram dowload da melodia (eca!) de Festa do Apê para os seus celulares (eca! eca!). O curioso é que o Latino não ganhará nenhum tostão. Os direitos autorais vão para o romeno que a compôs. Sem dúvida é um furo na lei, afinal a música só fez sucesso aqui porque estava na "voz" do Latino.
Vejam só: o Latino é responsável -indiretamente- por perda de divisas. O jeito é o Brasil retaliar a Romênia e enviar bizarrices como essa para lá.

05/06/2005

Dia mundial do meio ambiente

Para comemorar, leia uma entrevista do Lomborg.

04/06/2005

Quase verdades...

É uma quase-verdade a afirmação que nunca dois países com lojas do MacDonald's entraram em guerra. A única exceção foi - até onde eu sei - foi a guerra das Malvinas/Falklands.

Uma outra quase-verdade é que a China e Taiwan estão em guerra. Este país é considerado como uma província rebelde da China comunista, a continental. Eles nunca declararam um cessar-fogo e continuam até gastando tubos em armamento. O curioso é que agora as empresas de hardware dos dois países estão totalmente integradas. As partes do processo produtivo mais intensivas em mão-de-obra são feitas na China e as mais sofisticadas, em Taiwan.
Agora, o mais curioso é que o principal fornecedor de tecnologia de defesa para a China é Taiwan.
Leia mais
aqui.

01/06/2005

Desafios

Novo número da ótima revista do IPEA/PNUD, a Desafios.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?